14 de dez de 2015

[Resenha] Livro Viajante - Dois Lados de um Coração - Marcela de Luca

Olá pessoal!

Trago a resenha do livro Dois Lados de um Coração do nosso primeiro book tour da autora Marcela de Luca.




A autora nomeou seu book tour de Livro Viajante, que nada mais é do que um viagem do livro de casa em casa das blogueiras pré-definidas. Nós somos o terceiro blog onde o livro pousou para descansar, daqui ele segue viajem até o Blog As 1001 Nuccias, e antes de chegar até mim, ele passou pelos blogs:

Corujas de Biblioteca >> Leia resenha Aqui<<

Unidas por amor aos Livros >> Leia resenha Aqui<<



Um pouquinho sobre a autora:





Marcela de Luca

Nasceu em 1994, no interior de São Paulo. Leitora compulsiva e consumidora excessiva de livros foi incentivada a ler desde criança, o que acarretou em sua paixão pela literatura. Cursa faculdade de Letras Tradução e Interpretação em Inglês e divide sua vida entre os estudos e o trabalho como tradutora, professora e escritora. Passou a adolescência escrevendo e publicando fanfictions na Internet e, aos dezoito anos, terminou seu primeiro livro. Dois Lados de um Coração é seu romance de estreia.




Sobre o Livro:


Dois Lados de Um Coração
Marcela de Luca
Ano: 2015 / Páginas: 328
Idioma: português 

Editora: Arwen


Sinopse:

Dor. 
Nunca uma palavra fez tanto sentido na vida de Elizabeth Campbell. Quando a felicidade parece finalmente estar caminhando junto a ela, esse outro sentimento vem e toma o seu lugar. A tentativa de ser feliz novamente poderia ser conquistada se não fosse o fantasma de suas antigas dores que volta atormentá-la. Elizabeth jamais imaginou que a vida seria capaz de lhe tirar sem permissão a pessoa que ela mais amava. 
Após perder seus pais de maneiras diferentes, ela passou a acreditar que nunca mais passaria por algo parecido. A vida, no entanto, preparava-lhe uma surpresa em silêncio... 
Quando Campbell se vê presa dentro de si mesma, mergulhada em uma tristeza sem fim e incapaz de seguir em frente, Thomas Hunter, um rapaz que nunca acreditou no amor, tenta tirá-la do chão, embora ele também precise que alguém o tire de lá. 
Juntos, eles descobrem que são capazes de superar as perdas e frustrações que a vida lhes deu.


Resenha:

Bom, o livro é um romance. Conta a história de Elizabeth e Willian, Oops Thomas!

Deixa eu desenrolar... O livro começa contando a história de Eliz e Will, namorados de longa data que se amam, moram juntos e pretendem casar, até que no dia do casamento da irmã dele, a mãe dele pede para que eles levem Thomas, o irmão gêmeo de Will que está embriagado pra casa em segurança pelo casal, Will o gêmeo responsável, decide primeiro levar a namorada em casa e depois segue com o irmão quando inesperadamente, um caminhão aparece e pah! Acontece um acidente trágico ceifando a vida de Will.

A partir dai, Elizabeth passa a viver sua fossa, Eliz e Thomas tem uma relação conturbada, no passado, ela chegou a ficar com ele, mas ele era imaturo e estragou a chance que tiveram, então, ela conheceu Will e se apaixonou por ele. Mas, voltando a fossa, nesse meio tempo, a namorada problemática de Thomas passa por algumas situações e é convencida por Eliz a se internar para a reabilitação.

Certo dia eles são convidados a serem voluntários em um orfanato, e lá conhecem uma menina chamada Nathalie, os dois tem uma ligação diferente com a menina, mas Eliz fica encucada com aquilo. Posteriormente, essa ligação é explicada, não posso dizer tudo não é?!

Will havia comprado um "casebre" para ele e Eliz, e acaba que Thomas e ela vão para lá, afim de pegar a chave e fiscalizar algumas coisa que Will tinha deixado pendente.

Eles se rendem a paixão que vem consumindo os dois, mas depois o arrependimento vem e as inseguranças, o pensamento do que os outros vão pensar...


Não é o amor que nos machuca, Tom. São as pessoas. Quando você achar a pessoa certa, vai entender melhor do que ninguém que o amor não é capaz de ferir. – pág. 241

O livro termina de um jeito meigo, MAS...


MINHA OPINIÃO:

Gente, aquelas românticas incorrigíveis vão amar o livro! E realmente o livro é gostoso de se ler, mas eu Aricia, não gostei. Vou explicar: O romance deles não me convenceu! Simplesmente isso. 

Eu não vi o romance crescer, sabem? Eu não acreditei quando finalmente ela disse que amava o Thomas. 

O tempo todo ele deixou claro que gostava dela, desde a época da escola, quando eles ficaram a primeira vez, antes mesmo dela conhecer o irmão dele, então o sentimento dele é verdadeiro, e explica algumas atitudes dele, mas e o dela? Eu não entendi, juro pra vocês, ela estava namorando um irmão há seis anos, e em dois meses já amava o outro? 

Não me convenceu. E a explicação para a conexão estranha com a menina teria mais cabimento se fosse explicado de outra forma.

Mas pessoal, eu recomendo que leiam se tiverem a oportunidade para tirarem suas próprias conclusões.

O livro está tecnicamente perfeito. A diagramação é delicada a revisão é excelente e a capa encanta a quem olha.

O carinho que a autora nos dispensou é sem tamanho!

Pessoal, vale lembrar mais uma vez, eu NÃO SOU crítica de literatura, o que vocês leram aqui é minha opinião pura e simples, sem ofensas, sem discriminação, sem mais...

Eu não sei se minha resenha é o que ela esperava, mas é sincera. 

E apesar de não ter curtido, não é um livro que eu me arrependo de ter lido.








Comente com o Facebook:

5 comentários:

  1. Que pena que não gostou!
    Mas fiquei feliz com a resenha e por você ter sido sincera!

    Um super beijo,
    Marcela de Luca <3

    ResponderExcluir
  2. Olá Ari linda?
    Eu ouvi a Lisa falando muito bem do livro, ela me pentelhou para ler, mas ainda não tive oportunidade.
    Não sou muito chegada em romance, mas como esse tem uma pitada de drama e superação me atraiu.
    Provavelmente lerei em um futuro próximo, a capa está linda.
    Beijos.
    Giu.
    Clube do Livro & Amigos | Curtiu?

    ResponderExcluir
  3. Oi Ari!

    Adorei suas colocações. Confesso que lendo a premissa da obra de imediato o livro não me convenceu a lê-lo, fiquei com uma sensação de troca-troca, de substitui aqui que fica tudo certo... Enfim, acho que não é pra mim. o.o

    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Oi Ari,
    Comprei esse livro por indicação de uma amiga, não sabia nada da história.. ela só disse que tinha amado e eu comprei!!
    Entendo que é estranho esse sentimento da garota pelo irmão, um amor assim tão repentino.
    Fiquei com dó de Will, morreu perto do casamento snifff
    beijos e parabéns pela resenha
    Conchego das Letras

    ResponderExcluir
  5. Oi, Ari!
    entendo o que você está passando!
    Como vc mesma disse, eu peguei o livro logo depois de você. Também achei super estranho o modo como Elizabeth se apaixonou pelo irmão do amor da sua vida, assim, em menos de um ano depois do acidente... Mas, como disse lá na minha resenha, pode ter sido por vários fatores (que eu definitivamente tb não vi). Não curto muto drama, mas é um livro que li de boa vontade, de coração aberto e adorei.
    Até + ver! Nu.
    As 1001 Nuccias | Curtiu?

    ResponderExcluir


Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©